P1020950

A Fundação Renal Portuguesa recebeu, no âmbito do protocolo com a Escola Superior de Saúde de Portalegre, um estagiário proveniente de Espanha. Jesus Vasquez, de 22 anos, está no quarto ano da licenciatura de Enfermagem e tem, pela primeira vez, contacto directo com o tratamento dos doentes renais crónicos, em particular com o trabalho desenvolvido pela FRP junto dos seus utentes.

Para o futuro enfermeiro, esta está a ser “uma experiência diferente”. Na verdade, e apesar de estudar em Espanha, encontrou “realidades muito distintas” e para ele isso é enriquecedor. Com o objectivo de ser enfermeiro na área das emergência médica, Jesus Vasquez está a aprender que cada área tem as suas especificidades e todos os dias sente que aprende coisas novas, em particular na hemodiálise.

Natural de Málaga, no sul de Espanha, o estudante frequenta a licenciatura de Enfermagem na Escola Superior de Saúde de Portalegre desde Fevereiro no âmbito do programa ERASMUS. Este é um projecto europeu que permite aos estudantes do ensino superior fazerem um semestre ou um ano noutro país da UE. Jesus Vasquez escolheu Portalegre e, enquadrado no curriculum, tem feito vários estágios. Actualmente está no Centro de Portalegre da FRP onde tem uma rotina distinta da que teve noutras unidades.

“O início e o final dos turnos são mais intensos. Durante é um pouco mais calma. Tenho aprendido várias coisas. Já sei preparar uma máquina de diálise, faço o registo dos dados vitais dos doentes e recolho os que a máquina nos dá”, explica.

A diferença da língua nem sempre ajuda na relação, principalmente com os IRC. Mas até ao momento, todos os obstáculos têm sido ultrapassados. “A questão do idioma é difícil, mas acabo sempre por perceber. Os enfermeiros ajudam-me bastante”, confessou.