Imprimir

p1140281p1140272p1140247

Entre ontem e hoje, os utentes, os colaboradores e os parceiros da Fundação Renal Portuguesa reúnem-se à mesa, no Centro de Portalegre, para celebrar a quadra natalícia. À semelhança do que aconteceu nos anos anteriores, a instituição promove a festa de Natal em que todos participam.

É mais um momento de comunhão e convívio entre todos os que fazem o dia-a-dia da organização, em particular no Centro de Portalegre. A proposta voltou a ser um lanche com o sempre apetecido porco no espeto e mais algumas iguarias para celebrar esta época. A satisfação reinou entre os participantes, com alguns utentes a enaltecerem o bom ambiente vivido. Houve, inclusivamente, um Insuficiente Renal Crónico que admitiu: “Não estava nada à espera desta surpresa. Foi muito bom.” Já uma utente do Centro de Portalegre confessou que voltou para casa “com o estômago e a alma cheios”.

Estas iniciativas fomentam o convívio e a partilha em momentos diferentes dos associados ao tratamento de hemodiálise e promovem o bem-estar dos utentes. Para que ninguém faltasse à celebração natalícia, a festa teve três momentos mais importantes. Assim, a Fundação Renal Portuguesa conseguiu que os utentes de todos os turnos pudessem contribuir para esta reunião tão cheia de significado.

A festa de Natal do Centro de Portalegre da Fundação Renal Portuguesa foi extensível a outras entidades da comunidade, como o caso da Tégua – Associação de Desenvolvimento Regional D’entre Tejo e Guadiana, que desenvolve a sua actividade em várias áreas mas como uma forte aposta na inclusão. Parte dos géneros alimentares preparados para o convívio natalício dos utentes, colaboradores e parceiros, foram entregues a esta associação que, posteriormente os disponibilizou aos seus utentes.

A Fundação Renal Portuguesa aproveita para desejar Boas Festas a todos.