Imprimir

A Fundação Renal Portuguesa vai desenvolver uma série de iniciativas no próximo dia 9 no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Rim. Com o tema “Doença Renal e Obesidade”, o objectivo passa por identificar factores de risco para a Doença Renal. É por isso que a equipa da FRP, juntamente com vários parceiros, vai para a rua realizar rastreios e sensibilizar a população para a necessidade de se ter hábitos de vida saudáveis que evitem complicações ao nível da Doença Renal.

Assim, vão ser realizados rastreios na cidade de Portalegre, em três locais distintos. Junto ao Centro Comercial Fontedeira, a equipa da FRP vai estar entre as 11 e as 18 horas. Além deste ponto da capital de distrito, haverá acções junto à Câmara Municipal, entre as 11 e as 14 horas e na Praça da República, entre as 15 e as 17 horas.

O objectivo desta iniciativa englobada nas comemorações do Dia Mundial do Rim é de prevenir a doença e identificar possíveis situações de risco. Um diagnóstico precoce evita complicações futuras e permite um  resposta diferente, mais eficaz no sentido de evitar a doença.

Paralelamente aos rastreios, haverá uma demonstração de dança por parte da Escola Silvina Candeias que prontamente se associou às comemorações do Dia Mundial do Rim. Esta acontecerá junto ao Centro Comercial Fontedeira às 12 horas.

A iniciativa da Fundação Renal Portuguesa conta, ainda, com o apoio de vários parceiros. São os casos da ADRNP, da APIR, do Centro Comercial Fontedeira, da Escola Superior de Saúde de Portalegre, da Escola Silvina Candeias, do IPDJ, da Medicinália Cormédica, da Pelo Rim, da Rede Social de Portalegre e da Roche.